quinta-feira, 16 de maio de 2024

Resultados da Copa Libertadores, Copa Sul-Americana e Brasileirão Série B; Campeonato Brasileiro suspenso devido às enchentes no RS




Na mais recente rodada da Copa Libertadores, o Flamengo mostrou sua força ao derrotar o Bolívar por 4 a 0, enquanto o Palmeiras garantiu uma vitória apertada por 2 a 1 sobre o Independiente del Valle. O Flamengo, com uma exibição dominante, solidificou sua posição como um dos principais contendores do torneio, com uma atuação impressionante em campo. Por outro lado, o Palmeiras enfrentou uma partida mais equilibrada, mas conseguiu conquistar os três pontos importantes.

Na Copa Sul-Americana, o Fortaleza enfrentou um desafio formidável contra o Boca Juniors e conquistou um empate valioso por 1 a 1. O jogo foi marcado por momentos emocionantes e demonstrou a determinação do Fortaleza em competições internacionais. Este resultado mantém viva a esperança do Fortaleza de avançar na competição e enfrentar desafios ainda maiores.

Pela Série B do Campeonato Brasileiro, o Santos conquistou uma vitória crucial sobre a Ponte Preta, com o placar final de 2 a 1. O jogo foi disputado intensamente, com ambas as equipes buscando os três pontos. No entanto, foi o Santos que emergiu como vencedor, consolidando sua posição na tabela de classificação e mantendo suas ambições de promoção.

COPA LIBERTADORES
Flamengo 4 x 0 Bolívar
Palmeiras 2 x 1 Independiente del Valle

COPA SUL-AMERICANA
Boca Juniors 1 x 1 Fortaleza

CAMPEONATO BRASILEIRO - SÉRIE B
Ponte Preta 1 x 2 Santos

VEJA OS JOGOS PRA HOJE:
Os fãs de futebol têm muito o que esperar com os jogos agendados para hoje na Copa Libertadores:

COPA LIBERTADORES
  • HOJE 19:00 - Fluminense x Cerro Porteño
  • HOJE 19:00 - Rosario Central x Caracas
  • HOJE 19:00 - Universitário x Botafogo
  • HOJE 21:00 - São Paulo x Barcelona Guayaquil
  • HOJE 21:00 - San Lorenzo x Liverpool-URU

Com tantos jogos emocionantes agendados, os torcedores de futebol podem esperar uma noite cheia de emoções e reviravoltas na Copa Libertadores.

* Campeonato Brasileiro suspenso devido às enchentes no Rio Grande do Sul
A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou nesta quarta-feira (15/5) a paralisação do Campeonato Brasileiro devido às enchentes que assolam o estado do Rio Grande do Sul. A medida afeta as rodadas 7 e 8 da Série A, que estavam programadas para ocorrer entre esta semana e a próxima.

A decisão foi tomada após a maioria dos clubes da Primeira Divisão se posicionarem a favor da medida, reconhecendo a gravidade da situação enfrentada no estado. A paralisação afeta apenas a Série A do Campeonato Brasileiro, não tendo impacto nas demais divisões do Brasileirão nem em outras competições organizadas pela CBF, como a Copa do Brasil.

Antes da decisão de suspender totalmente o campeonato, apenas os jogos envolvendo times do Rio Grande do Sul estavam suspensos, em atendimento a um pedido da Federação Gaúcha de Futebol, com efeito até o dia 27 de maio. No total, aproximadamente 50 jogos foram afetados, considerando também competições internacionais.

O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, que está na Tailândia para o congresso técnico da FIFA, explicou que a paralisação não deve afetar a previsão de encerramento do Campeonato Brasileiro em 2024. Ele destacou a importância de manter o calendário dentro do previsto para evitar complicações futuras.

É importante ressaltar que, mesmo com a paralisação do Campeonato Brasileiro, outras competições continuarão normalmente. A pausa não afetará o calendário da Copa do Brasil nem das outras divisões do Brasileirão.

A pressão dos clubes e outras entidades foi fundamental para a tomada de decisão pela CBF. Federações estaduais, o Ministério do Esporte e diversos clubes solicitaram a suspensão do campeonato devido à situação de calamidade pública no Rio Grande do Sul.

A CBF agendou uma reunião para o dia 27 de maio para discutir os próximos passos em relação à continuidade do Campeonato Brasileiro. Enquanto isso, as atenções se voltam para a recuperação das áreas afetadas pelas enchentes e para a segurança da população.