domingo, 29 de outubro de 2023

Ampliação da Cobertura e Qualidade da Banda Larga Móvel em Todo o Brasil

Em uma iniciativa para aprimorar a conectividade e a qualidade dos serviços de banda larga móvel em todo o Brasil, o Programa Nacional de Melhoria da Cobertura e da Qualidade da Banda Larga Móvel, conhecido como "ConectaBR", foi criado pelo ministro das Comunicações, Juscelino Filho, durante a primeira Blitz da Telefonia Móvel realizada na Grande São Luís, no Maranhão. O programa tem como objetivo resolver as falhas de conexão e os baixos índices de desempenho, bem como garantir que as operadoras atendam a padrões mínimos de qualidade.

Novos Padrões de Qualidade:
Uma das mudanças significativas introduzidas pelo ConectaBR é a exigência de que as operadoras de telefonia móvel garantam velocidades mínimas de banda larga móvel. Para a tecnologia 4G, a velocidade mínima exigida é de cerca de 10 Megabytes por segundo, enquanto no caso do 5G, a velocidade mínima é de 100 Megabytes por segundo. Isso visa garantir que os usuários tenham acesso a conexões rápidas e confiáveis.

Reconhecimento de Qualidade:
As operadoras que atenderem aos novos padrões e resolverem os problemas relacionados à qualidade da banda larga móvel receberão reconhecimento na forma de um selo de qualidade. Esse selo será um indicativo de que a operadora oferece serviços de alta qualidade e atende aos requisitos estabelecidos pelo ConectaBR.

Implementação e Fiscalização:
A implementação da nova política foi marcada pela assinatura de uma portaria durante a Blitz da Telefonia Móvel em São Luís, no Maranhão. Além disso, o ConectaBR prevê a fiscalização das operadoras por meio da Anatel, a Agência Nacional de Telecomunicações, que poderá aplicar sanções em casos de não conformidade com os padrões estabelecidos.

Ampliação da Cobertura:
Com a implementação do ConectaBR, a expectativa é que a cobertura de banda larga móvel melhore significativamente em todo o país. A iniciativa visa garantir que 95% da população tenha acesso a serviços de banda larga móvel com níveis de qualidade adequados, representando um aumento em relação ao índice anterior de 80%.

Essa ação coordenada pelo Ministério das Comunicações é a primeira de uma série de monitoramentos que ocorrerão em diversas cidades do Brasil. Cuiabá (MT) e João Pessoa (PB) estão entre as cidades que devem receber as equipes da Anatel para avaliação da qualidade dos serviços de banda larga móvel ainda este ano.

Fonte: RadioAgencia/EBC