terça-feira, 31 de outubro de 2023

Suspeito de Chacina em Itarema Morre em Confronto com a Polícia


Um dos suspeitos do terrível crime que resultou na chacina de quatro pessoas em Itarema, no interior do Ceará, não conseguiu evitar o cerco policial. Após o incidente que chocou a região, o homem de 23 anos foi baleado e não resistiu aos ferimentos, morrendo horas após o ocorrido.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social informou que, durante os levantamentos iniciais, a Polícia Militar conseguiu localizar dois suspeitos de envolvimento na chacina. No entanto, ao perceberem a presença policial, a dupla optou por fugir e, de maneira desesperada, atirou contra os agentes em uma tentativa de evitar a prisão.

O confronto entre os criminosos e os policiais teve desfecho trágico para um dos suspeitos, o jovem de 23 anos, que acabou alvejado. Ele foi imediatamente socorrido, porém, não sobreviveu aos ferimentos. Durante a operação, as autoridades apreenderam um revólver com munição e encontraram uma pequena quantidade de maconha na posse do suspeito abatido.

O segundo indivíduo envolvido na tragédia conseguiu escapar e está sendo intensamente procurado pelas forças de segurança.

A chacina abalou a localidade de Patos, no litoral de Itarema, vitimando brutalmente quatro pessoas. Entre os mortos, encontravam-se uma adolescente de 13 anos, duas mulheres de 20 e 24 anos, e um jovem de 17 anos. Os nomes das vítimas são Maria Gabriele Jaques, Maria Josina dos Santos Oliveira, Maria Eduarda dos Santos Nascimento e Francisco da Guia Oliveira.

Até o momento, a motivação por trás desse terrível assassinato permanece obscuro. As investigações sobre o caso estão a cargo da Delegacia Municipal de Itarema, com o auxílio do Departamento de Polícia Judiciário do Interior Norte.

Essas informações são baseadas em relatórios do G1 Ceará.